- Notícias

Alimentação – Ideias e informações para você comer melhor

Consumir iogurte diariamente pode reduzir risco de doenças cardiovasculares

A relação entre o consumo de leites e derivados e a saúde cardiovascular não é novidade. Estudos anteriores já haviam mostrado que esses alimentos, ricos em cálcio, magnésio e potássio, dilatam os vasos sanguíneos, diminuindo a pressão arterial. No entanto, uma nova pesquisa apontou que o iogurte, em especial, está relacionado a um menor risco de doenças cardiovasculares.

Realizado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, a pesquisa analisou dados de 55 mil mulheres e 18 mil homens com pressão alta, por meio de um histórico de dois estudos diferentes: o Nurses’ Health Study e o Health Professionals Follow-Up Study, que acompanharam esses pacientes por 30 anos.

Em ambos os estudos, os participantes preencheram, em 1980, um questionário de 61 itens para relatar a ingestão dietética habitual no ano anterior. Os participantes, posteriormente, relataram qualquer evento provisório diagnosticado por um médico, incluindo infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral e revascularização.

Os participantes que consumiram mais de duas porções de iogurte por dia tiveram 20% menos risco de doenças do coração.

O resultado, publicado no periódico American Journal of Hypertension, mostrou que as ingestões mais altas de iogurte foram associadas a uma redução de 30% no risco de infarto do miocárdio entre as mulheres e de 19% nos homens.

Nos dois grupos, os participantes que consumiram mais de duas porções de iogurte por dia tiveram 20% menos risco de doenças do coração ou infarto.

“Nós supomos que o consumo de iogurte a longo prazo pode reduzir o risco de problemas cardiovasculares, uma vez que alguns pequenos estudos anteriores mostraram efeitos benéficos dos produtos lácteos fermentados”, disse um dos autores do estudo, Justin Buendia.

“Nossos resultados fornecem novas evidências importantes de que o iogurte pode beneficiar a saúde do coração sozinho ou como uma parte consistente de uma dieta rica em fibra rica frutas, vegetais e grãos inteiros”, disse Buendia.

Fonte: vivabem.uol.com.br

About Assessoria de Comunicação

Read All Posts By Assessoria de Comunicação